Anúncios

Endereçamento de convites

4 nov

Quando nós estamos envolvidas com os preparativos do casamento, tudo parece meio nebuloso e muitas vezes bate uma insegurança se o que estamos fazendo, se nossas decisões, escolhas e todo o procedimento de etiqueta e afins que estamos seguindo está certo.

As coisas podem ser bem mais simples do que imaginamos, mas quando estamos mergulhadas nesse universo, com certeza muitas dúvidas ocorrem. Um momento que preocupa muitas noivinhas é o endereçamento dos convites.

Eu diria que essa é a fase mais simples, porque na verdade o que antecede o momento do endereçamento é o mais sério e cheio de detalhes (tudo é um mar de detalhes quando se fala de casamento, né?!)

Um endereçamento perfeito, vem de uma lista de convidados perfeita e bem ajustada, com a quantidade de convidados por convite e a grafia correta de todos os nomes. Essa é uma parte muito difícil e importantíssima, porque de que adianta uma endereçamento todo correto, mas com a grafia errada, não é mesmo?! Sem dúvida uma gafe. Então se preocupe em verificar o nome correto e o sobrenome dos convidados que irão encabeçar o endereçamento.

Para fazer uma lista de convidados perfeita leia esse post aqui e esse outro.

O calígrafo ou quem irá etiquetar os convites, precisa receber uma lista perfeita para poder endereçar corretamente os envelopes.

A primeira regra e mais simples é quando se convida apenas o casal – usarei nomes e sobrenomes aleatórios -. Exemplo:

Sr. João Silva e Sra.

Quando se convida os pais e os filhos, esse é o endereçamento correto. Lembre-se filhos serão incluídos no convite dos pais, apenas quando ainda moram com eles.  Exemplo:

Sr. João Silva e Família

Caso os filhos não morem mais com os pais ou se já são casados, o mais elegante é enviar convite separado.

Se serão convidados casais que moram juntos, mas que não possuem o mesmo sobrenome, o certo é enviar o convite respeitando a opção do casal e endereçando no nome dos dois. Caso o casal more em casas separadas, a etiqueta manda que seja enviado um convite para cada um, mas pode-se perguntar se preferem receber um único convite e para qual endereço enviar o convite. Exemplo:

Sr. João Silva e Sra. Maria José

Os amigos jovens do casal podem ser chamados apenas pelo nome. Exemplo:

Maria Silva Costa

Se algum dos seus convidados é detentor de algum  título, isso deve ser colocado na subscrição dos envelopes, caso essas pessoas não façam parte do seu convívio. Se essas pessoas são amigas da família, vale o tratamento de Senhor e Senhora.

Nos cargos de carreira como profissionais com doutorado, diplomatas e militares, devem ser usados os tratamentos Doutor, Embaixador, Ministro, General, Capitão etc. Exemplo:

Doutor João Silva e Senhora

Embaixador João Silva e Senhora.

Deve ser usado o tratamento Excelência nos casos de Presidente da República, Governadores e Prefeitos no exercício do cargo, sem ser seguido do cargo e também pode ser usado: Senhor Governador João da Silva e Senhora.

Não há necessidade dos adjetivos digníssimo ou ilustríssimo senhor, esses são termo usados para qualquer cidadão e não são de tratamento.

Imagem Sylvie Gil Photography

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: