Anúncios

Tipos de véu

17 jun

Noivinha se preocupa com absolutamente tudo e, eu disse tudo, e tudo vira um mar de dúvidas sobre os acessórios que irão compor o visual de noiva para o grande dia.

Certa feita recebi um email de uma noivinha bastante angustiada com o tipo de véu que deveria usar no casamento. Ela tinha muitas dúvidas sobre o horário do casamento, o véu, os detalhes do véu e como deveria ser o cabelo, brincos etc. Minha resposta foi quase um post, mas não salvei as dicas para compartilhar com vocês. Mas aqui estou eu com tudo guardadinho na cabeça para esclarecer algumas coisas sobre o tipo de véu e tudo mais.

O véu sem dúvida alguma é um acessório que dá glamour ao look da noiva.

A tradição de usá-lo começou na Grécia antiga, onde as noivas cobriam o rosto com a intenção de se proteger dos maus espíritos e do mau olhado. Reza a lenda que, naquela época, o costume era que outras mulheres vestidas de maneira parecida à noiva, acompanhassem-na até o altar, na tentativa de ludibriar os maus espíritos, que não saberiam encontrar a noiva no meio de todas elas. Alguns séculos depois, com o surgimento da religião cristã, o véu passou a ser usado para representar a castidade e a pureza de uma mulher.

O véu é um acessório que colabora de maneira bastante significativa para expressar o estilo da noiva. As noivinhas tradicionais e românticas, em geral, optam pelo véu catedral ou pela mantilha. Já as noivas mais despojadas escolhem véus curtos e as moderninhas e fashionistas tem optado pelo voilette, que pode ser acompanhado por fascinator ou casquete.

A missão que parece impossível é escolher um que se adeque ao vestido e combine também com o penteado da noiva. Portanto, o véu não dever ser um elemento solto na produção, mas deve acompanhar o vestido, ou seja, o véu deve combinar com o vestido de noiva e toda a produção. Cuidado com os detalhes que farão parte do véu, pois muitos podem ser bordados, com renda, pérolas e cristais. Lembre-se de equilibrar os detalhes do vestido de noiva, brincos e véu, para que não haja um excesso de informação e poluição no seu visual.

Vale a máxima do menos é mais!!!

Vamos as dicas sobre os tipos de véu:

Véu catedral: geralmente em tule e com algumas aplicações de renda ou cristais. Cobre o comprimento da cauda do vestido.

1 2 3 4 5

Véu médio: o comprimento que pode chegar à altura da ponta do dedo da noiva, cotovelo ou até a cintura.

12

7 9 10 11

Véu “ombro” ou curto: é aquele véu que vai até o ombro e deixa o visual mais leve e combina com vestidos tomara que caia e curtos.

8

Véu em camadas: aquele que cobre o rosto da noiva. Pode ter duas, três, ou mais camadas.

15

Voilette: véu curtinho que cobre o rosto (todo ou apenas uma parte). Ele pode ser preso em uma casquete ou fascinator, em uma presilha de cristais ou em uma flor de tecido. Dúvidas sobre voilette tem post aqui e aqui.

13 14

Mantilha: Véu feito totalmente em renda. O ideal é usá-lo com vestidos mais clássicos, lisos e que não tenham tantos detalhes, para proporcionar um equilíbrio no look da noiva. Se o vestido também for em renda, os detalhes de ambos têm que estar em harmonia. Se você quer casar de cabelos soltos e com mantilha veja uma inspiração nesse post aqui.

Mais algumas dicas que irão ajudá-la na hora da escolha do véu:

Tecido

Os tecidos mais usados são o tule ou a renda.

Tipo físico

O tipo físico é super importante e deve ser levado em consideração na hora de escolher o tipo de véu. Comprimento e volume combinam com as noivas mais altas e magras. Já as mais baixinhas devem evitar os modelos volumosos. As mulheres com a silhueta equilibrada podem usar véu em qualquer comprimento.

Horário da cerimônia

A regra de etiqueta recomenda que o véu curto e médio seja utilizado em cerimônias durante o dia e o véu longo para as celebrações à noite. O véu longo também é o recomendada para ser usado em igrejas e catedrais mais suntuosas.

Essa mesma noivinha que me pediu dicas por email, queria usar o véu longo e o voilette. A sugestão que dei foi para usar o véu tradicional na cerimônia religiosa e durante a festa subtituí-lo pelo voilette com um fascinator.

O  importante é escolher o véu que faça você se sentir à vontade e maravilhosa, e que complemente o seu vestido, para tornar esse dia especial ainda mais inesquecível.

As regras são muito importantes para guiá-la, não para escravizá-la. Você viu que a Constance Zahn casou-se à tarde, mas o véu dela era tradicional e longo e não um curto ou médio como, teoricamente, manda a regra.

O mais importante é a harmonia de toda a produção e que você se sinta deusa.

Inspire-se!!!

Imagens Style Me Pretty

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: