Anúncios
Arquivo | maio, 2013

Música de Sexta – She – Elvis Costello

31 maio
Anúncios

Casamento rosa, dourado e preto

31 maio

Bom dia noivinha!!! Pesquisando paleta de cores para a decor do seu casamento?! Já pensou em juntar ao combo do momento rosa e dourado, o preto?!

Chique, elegante e sofisticado. Se esse é o seu estilo e seu sonho para um casamento tradicional, então começa a salvar na sua pastinha de referências, esse casório belíssimo com mesas decoradas com arranjos florais e muitas velas.

Confere!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27

Confesso que não gostei do bolo. Achei exagerado e que não combina com a festa. Mas ele não está de todo perdido, talvez com menos elementos, menos cachos de uvas (achei muito Carmem Miranda para a ocasião) e se fosse num casamento ao ar livre ou campestre, funcionaria muito bem.

28 29 30

Tirando o bolo, a decoração está perfeita.

Inspirem-se noivinhas!!!

Imagens Adam Barnes Fine Art Photography

Casamentos Reais | Jamille e Tarso

30 maio

Noivinhas queridas que gostam de escrever e ler muito, mesmo que seja em frente ao computador, aqui é o seu lugar.

Escrevo muito e não temo perder público na internet por causa disso. É impossível resumir felicidade, amor e economizar palavras para expressar alegria.

Sobre essa casamento lindo e perfeito, com naked cake e buquê de broches e, o mais importante: amor, só tenho algo a acrescentar:  Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol. Ambos existem; cada um como é. Fernando Pessoa.

Agora é com a noiva Jamile, que vocês devem lembrar desse ensaio lindo:

. . .

Preparem-se para ler muito, porque não sei falar pouco, especialmente em se tratando do  casamento.

Para falar sobre o meu casamento, primeiramente preciso falar sobre nós. Eu e Tarso somos muito parecidos. Muito mesmo. Conhecemos-nos na balada, mas vivemos praticamente todo o nosso namoro, quatro anos e cinco meses, na praia, onde ele morava.  Não pensávamos em casar, pois não somos ligados a tradições.  Mas um dia começamos a falar em casamento, e a primeira ideia era fazer festa e cerimônia em um mesmo lugar: praia, claro! A intenção era fazer uma cerimônia simples, onde recebêssemos as bênçãos de Deus, dos nossos pais e dos amigos mais queridos. A festa tinha quer ser animada, muito animada, e assim foi. Sinceramente, foi à festa mais animada da minha vida.

Tudo foi planejado e organizado em pouco tempo e corremos riscos, muitos.  Resolvemos a data em dezembro, casamos em maio. Nossa maior preocupação com relação à data foi a lua cheia. Escolhemos a Cervejaria Continental por ter um ambiente à beira-mar e outro fechado. Pronto, data escolhida: 24 de maio, uma sexta-feira e final de tarde, 17 horas, pôr do sol. Sim, sexta-feira. Pesamos se valeria a pena fazer uma festa num horário em que as pessoas ainda estariam trabalhando… Mas arriscamos. Pra nossa melhor surpresa, o salão estava cheio. Que coisa linda! Nossos convidados realmente se esforçaram pra estar lá, e essa foi a maior demonstração de carinho que já tivemos. Ele é de Brasília e a família toda mora espalhada pelo Brasil. Fomos tão felizes em contar com a presença de familiares de Cuiabá, Minas Gerais, Distrito Federal…

Voltando aos preparativos: eu sou muito, muito perfeccionista e exigente. Não queria uma festa “enlatada”, e tudo tinha que ser muito a nossa cara. Queríamos que os convidados se divertissem e nos reconhecessem em cada detalhe. Para isso, fizemos quase tudo. Criamos uma identidade visual, as silhuetas, desenhadas pelo noivo através de uma foto real nossa. Essa marca esteve impressa em quase tudo, desde o convite do chá de panela aos guardanapos do buffet.

Minha mãe foi meu braço direito, esquerdo e as duas pernas. Com habilidade para artesanato, também fez de um tudo: porta-guardanapo, souplats… E o tão cobiçado buquê de broches. Nunca havia feito, nunca viu um pessoalmente. Peguei uma imagem na internet, compramos o material e pronto, saiu aquela perfeição. Meu pai também pôs a mão na massa, cortou madeira, pintou… Enfim, minha família pegou no batente pra fazer do nosso jeitinho. O que não fizemos, encomendamos ou compramos pela internet. Até os itens da decoração eu juntei, comprei ou aluguei. Um dia antes da festa fiquei acordada até as duas horas da madrugada escolhendo as frases e citações que estariam em cada mesa dos convidados.

Estive sempre acompanhando tudo muito de perto. Acompanhei a decoração até durante o dia de noiva… rsrsr O decorador mandava fotos pelo celular e eu dizia se estava bom, o que precisava mudar… O bolo nós decidimos o modelo meses atrás e tivemos que mudar de fornecedor faltando uma semana para o casório porque o fornecedor inicial disse que não conseguiria fazer. Arriscamos mais uma vez, pois o bolo nesse modelo foi o primeiro feito pela fornecedora que se dispôs a nos atender.  “Nunca fiz, mas posso fazer”, foi a resposta que tivemos. Arriscamos e … Deu certo! Foi melhor do que imaginávamos!

Mas eu não contava que algo fugiria ao controle. Naquele dia choveu. E não houve pôr do sol nem lua cheia. E eu, que durante todo o dia estive preocupada em estar sob o controle de tudo, a caminho da cerimônia, dentro do carro e ao lado do meu pai que não conseguia disfarçar a apreensão, pensei: não é pra ser como eu quero. Será como Deus quiser. E foi a festa mais linda e feliz da vida. O rosto do meu noivo, a me ver entrar a caminho do altar, será a mais doce lembrança daquele dia.  E eu nem lembrava que não deveria ter chuva, que deveria ter pôr do sol… Nada. O que era mais importante estava ali, à minha espera. E estava lindo!

Claro que para tudo dar certo estivemos cercados de pessoas responsáveis e competentes. Nossas escolhas foram as melhores, tenho certeza. A cerimonialista foi um anjo a quem sempre agradecerei. No meio da agonia da chuva, foi ela quem mudou tudo de lugar, organizou e resolveu a situação. Enfim, fomos abençoados.

Tivemos o carinho de muitas pessoas especiais. O padrasto de Tarso, o músico Gilberto Cabral, tocou por seis horas seguidas, desde a cerimônia, e com as duas bandas da festa. Aliás, a música é um capítulo à parte. Todos os músicos são nossos amigos. Todo o repertorio foi escolhido por nós. Durante a cerimônia tocaram músicas que significam muito pra gente. Tudo foi em ritmo de reggae. A festa teve ritmos latinos. Um dos nossos maiores presentes foi a presença da banda Camba. . Essa banda tocava na festa em que nos conhecemos em 2008. Liderada por Gilberto, meu sogro, a banda se desfez alguns anos atrás, e os músicos, que continuam tocando em bandas diferentes, se reuniram especialmente para o nosso casamento. Não há carinho maior. Estávamos nas mãos de pessoas que se esforçaram mais do que deveriam pra termos um dia inesquecível.

E hoje eu faria tudo novamente, do mesmo jeito, sem mudar nada.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18

Espaço da cerimônia e festa: Cervejaria Via Continental | Iluminação – Locasom |Primeira banda da recepção: Maíra Sales |Segunda banda: Banda Camba | Decoração: Diego Pereira – Arte Floral | Fotografia: Nise Ana | Buffet : Sônia e Milvia | Drinks: Art e Bar Coquetéis | Bolo: Tereza Neumann | Filmagem: Maracujá Limão | Doces, mini-sobremesas e bem-casados: Ana e Cláudia | Brigadeiro no tacho: Doce Brigadeiria | Chopp: Brahma | Roupa noivo: Brooksfield | Vestido noiva: Yolla Boutique | Headband da noiva: Elizabete Munzlinger | Dia da Noiva: Sinval de Souza por Thiago | Cerimonial: RKM Cerimonial

. . .

Muito obrigada a Jamile e Tarso por compartilharem tudo com o Noiva de Evasê e muito mais amor e harmonia ao casal.

Casamento roxo e branco

29 maio

E aí, noivinhas, tudo bem?! Estou meio mais ou menos. Tomei a vacina da gripe e meu braço deve cair nas próximas 48 horas, porque… aff… tá doendo horrores!!!!

Mas o assunto aqui é casamento e inspirações lindas e inusitadas.

Uma cor dificilmente pensada para compor a decoração de casamentos é o roxo. Tadinho do roxo. É uma cor linda, forte, vibrante, mas talvez um pouco escura demais para a suavidade do casamento.

Talvez… tudo depende do horário do seu casório e como será toda a decoração da festa e qual a outra cor irá compor a paleta.

Se você misturar o roxo e o branco, com certeza não ficará carregado. E se a festa for durante o dia, em meio ao ar livre, também não vai pesar.

Não acredita em mim?! Então veja que casamento tão lindo e suave com o roxo como cor principal.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23

Não é lindo e suave?!

Inspirem-se noivinhas!!!

Imagens  Anna Rosell.

Ensaio dos noivos | Talita e Junior

28 maio

O amor surge nos momentos mais inesperados e cresce com a dedicação e a certeza de que todo o esforço vale à pena, quando se encontra a pessoa que tanto se espera.

A Talita é de Natal e o Júnior de São Paulo. Ela ainda está na faculdade de fisioterapia, mas ele já passou dessa fase e trabalha como administrador. Cidades, culturas e profissões diferentes. O que os uniu foi o fato de serem membros da mesma Igreja.

Muitas de vocês, noivinhas, sabem que para o amor não há  fronteiras, nem distância. A Talita e o Júnior sabem melhor do que ninguém o que é uma ponte aérea Natal-São Paulo e ela contra pra gente como tudo começou:

Em julho de 2010 estava passando as férias em São Paulo e nos conhecemos na tarde do dia 12/07/2010, no Parque do Ibirapuera, através de uma amiga em comum.
Foi cena de filme com o cenário perfeito: fim de tarde no parque, nos encontramos na ponte de ferro, passando por cima do lago cheio de patinhos, ele com bermuda azul escura, camiseta branca e com um labrador branco lindo!!! Super simpático e atencioso com todos que paravam para brincar com o cachorro. Muito cavalheiro e gentil durante o passeio e as conversas. Encantador!
Saímos mais algumas vezes com nossos amigos naquelas semanas das minhas férias e depois que eu voltei para Natal ele quis manter contato. Conversamos muito por telefone! (E ainda bem que já tinha a promoção da tim! :D)
Exatos 3 meses depois do nosso encontro e de muitas conversas, ele veio para Natal e me pediu em namoro! Começamos a namorar no feriado de 12/10/2010.

De lá para cá foram muitas idas e vindas, muitas horas em aeroportos, muitas horas de voo; muitos passeios turísticos em Natal, no estado e cidade de São Paulo; muitas despedidas e lágrimas em todas elas, muitos abraços apertados com um “até mês que vem”; muitas promoções e milhas da TAM, muitas noites no skype, e muitas, muitas horas ao telefone!!!

2.900km de distância, 3h30 de voo, viajando uma vez por mês… realmente não foi simples mantermos o namoro a distância, mas quando algo é realmente de valor, vale à pena o sacrifício!

Com 1 ano e 6 meses de namoro ele me pediu em casamento e exatos três anos após nos conhecermos casaremos no dia 12/07/2013 em Natal.

Como disse um líder da Igreja: “O verdadeiro amor anseia e ora por uma continuação eterna.

O ensaio dos noivos não poderia ter outros cenários do que um belo parque, as praias de Natal e claro… o aeroporto!!!

Confere que romântico.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

Que lindo!!!

Inspirem-se noivinhas.

Ensaio fotográfico Bliss Filmes + Photos

Almoço chique de noivado

28 maio

Olá, noivinhas!!! Mil desculpas pela minha ausência esses dias, mas estive ultra e mega ocupado, do tipo muitíssimo de verdade. A sexta foi intensa e todo o final de semana também.

Estou bem cansada e acho que a falta de energia deve ser culpa da velhice, não descansei essas coisas todas porque já emendei com o trabalho de todo dia, mas estou rezando para que chegue o feriado e dar uma imprensadinha, porque eu mereço!!!

Aqui estou eu com uma inspiração linda e bem chique para um almoço ou, quem sabe, um jantar de noivado.

Paleta de cores suaves e clássicas com branco, coral, verde água e cinza.

Detalhe moderno e sofisticado para a mesa decorada com fitas compondo com os arranjos de flores e as fitas com laços, marcando as cadeiras dos noivos.

E fiquem de olho do bolo maravilhoso!!!

Vem ver!!!

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Latinha de lembrança para os convidados, que pode ser pastilhas ou amêndoas.

10 11

Que bolo chique e perfeito!!

12 13 14

Não fica perfeito e clássico para um noivado?!

Inspire-se noivinha.

Imagens Jennifer Sando

Casamentos reais | Jully e Cid

22 maio

Estou tão feliz que minhas noivinhas estão casando!!! Mais feliz ainda porque elas não largam o Noiva de Evasê e vem aqui compartilhar conosco a realização de um sonho e de um dia mágico e especial.

A Jully também é uma noivinha e leitora queridíssima do blog. Ela mostrou pra gente o pedido de noivado em pleno carnaval de Salvador, ao som do Asa de Águia, lembram?! Clica aqui pra ver de novo.

O casamento da Jully e do Cid foi mais do que perfeito, foi um carnaval fora de época, ultra animado e divertidíssimo. Ninguém precisou me contar, mas imagens estão aí e vocês irão conferir como não estou exagerando.

O casório deve uma decoração linda, romântica e criativa. Não vou falar demais, porque a Jully vai contar pra gente.

Bem, no início eu e meu noivo decidimos por fazer apenas um bolo com champanhe no salão paroquial de alguma igreja após a cerimônia. Tínhamos a ideia de investir nosso suado dinheirinho na lua de mel e no apê que compramos e não em festa. Daí comecei  a pesquisar capelas com salão paroquial disponível aqui em Fortaleza e não achei. Nesse meio tempo,  me apaixonei por uma capelinha muito charmosa, numa ruela de calçamento bem bucólica e me apaixonei: queria casar lá e ponto, mas lá também não tinha um salão para recepção!

Foi então que uma amiga pesquisou um buffet por perto e descobriu o Le Jardin, um buffet ao ar livre, com um jardim enorme, piscina, uma cascata linda, enfim, um lugar encantado, pitoresco, muito a a minha cara.  Como se não bastasse, ainda oferecia a opção de brunch, que acabou sendo um intermediário entre o bolo com champanhe e jantar. Foi paixão à primeira vista pelo lugar, nem quis ver mais nada, além do que o preço era ótimo. Detalhe que o brunch foi às avessas, aconteceu à noite, com início às 18 hahahaahah estranho, mas odeio ser convencional. Optamos por um casamento mini, só com a família e amigos mais próximos, com a decoração em estilo vintage e rústico pontuada por elementos franceses. Aqui em Fortaleza, esse tipo de casamento praticamente não existe. A cultura daqui é de casamentos grandiosos, verdadeiros shows pirotécnicos e com decoração bastante exuberante e luxuosa. Então eu tive uma dificuldade enorme de encontrar profissionais que entendessem o conceito de casamento que queria. Foi quando descobri no próprio buffet a decoradora e cerimonialista Lívia Dias. Foi uma sintonia incrível, a gente tinha os mesmos gostos, as mesmas ideias. Muita pesquisa em blogs, especialmente o Noiva de Evasê, resultaram num casamento do jeito que sonhei, original, encantador, aconchegante, elegante e charmoso. Descrição dos próprios convidados.

Para quem não ia ter festa, tivemos uma noite mágica com direito a banda, DJ e tudo mais, que fizeram os noivos e convidados dançarem muito até o chão na pequena pista de dança! Inesquecível!

Vem ver!!!

Casamento Jully e Cid5

09

04

06

29 30

13 14 18 26

33 37

40

54 55 56 57 58

Casamento Jully e Cid

Casamento Jully e Cid2

Casamento Jully e Cid1 Casamento Jully e Cid3 Casamento Jully e Cid4

10

Igreja : Capelo Nossa Senhora do Perpétuo | Socorro Buffet: Le Jardin | Vestido: Maison Vip | Cerimonial e Decoração: Lívia Dias | Fotografia: Samuel Gomes | Filmagem: Vile Vídeo Produções | Bolo e Bem Casados: Atelier do Açúcar | Chocolates: Paloma Chocolates | Banda da Igreja: Ana Gabriela | Banda da Festa: Márcio Campos e Banda | DJ: Cláudio Raulino.
Todo amor do mundo ao casal e Jully que orgulho do Noiva de Evasê ter inspirado, nem que fosse um pouquinho, um casamento tão lindo e divertido.
Inspirem-se noivinhas!!!!

Comprando o vestido de noiva em Miami

22 maio
A Ana Cristina é uma noiva queridíssima do blog e acompanha o Noiva de Evasê desde os primórdios. Fico muito feliz em inspirar um pouquinho o casamento dela e também a busca pelo vestido de noiva perfeito.
Aqui entre nós. Ela amava vários vestidos de noiva que postava na fanpage do blog ou por aqui mesmo, mas antes de comprar o vestido, ela evitava ao máximo curtir as imagens e comentar os tais posts, para não dar a dica do vestido desejado ao noivo.
Bate aqui amiga!!! Também fui dessas!!! Vou deixá-las com o relato integral da Ana, porque achei totalmente relevante todas as informações. O post tá giga, mas ser noiva é padecer lendo em frente ao computador. Então, vamos todas dar as mãos, ler e anotar tudo!!! Em vermelho são minhas observações.
.
.
.
Acredito que o vestido de noiva é um sonho para todas nós, desde muito cedo pensamos no modelo dos nossos sonhos e buscamos torná-lo realidade. Comigo não foi diferente!!ODEIO tomara que caia, respeito quem gosta, mas acho super deselegante você estar em uma Igreja diante de um Altar e o tempo todo puxando o vestido pra cima (é assim que imagino…risos).
Meu vestido dos sonhos era um modelo Rosa Clará (já mostrado aqui num post), com mangas compridas de renda…LINDO!! As costas do vestido eram tão lindas que dispensava até mesmo o véu. E queria casar com aquele vestido (mesmo no calor de dezembro).
Bom, escolhido o modelo, o próximo passo foi procurá-lo. Pra casar com um vestido igual ao dos meus sonhos tinha duas opções: ou comprava o original ou mandava fazer. Resolvi primeiro me informar sobre preços de aluguel e a partir de pesquisas de internet (incluindo esse blog), (obrigada Ana) cheguei a conclusão que seria inviável alugar em Natal, os preços são impraticáveis.
Ainda me restava a opção de mandar fazer, mas como adoro viajar resolvi que meu plano A seria procurar meu vestido em Miami-EUA, caso não encontrasse, partiria para as costureiras.
Lá vamos nós para o planejamento da viagem, ainda no Brasil pesquisei muito em blogs de noivas, li bastante e cheguei a uma lista de lojas em Miami. Entrei em cada site, olhei os modelos e estilistas, vi os preços (sim, em alguns sites você pode até mesmo ver se o vestido cabe no seu bolso) e escolhi as lojas que realmente me interessavam, anotando os horários de atendimento, localização e telefones.
Importante ressaltar que em todas as lojas você precisa agendar a visita. Você pode até chegar sem agendamento, mas as lojas podem se recusar a atender caso não tenham horário e funcionário disponível ou você pode tomar um chá de cadeira. O agendamento pode ser feito no próprio site das lojas, mas achei melhor e mais seguro agendar por telefone, aí entrou meu noivo, que mora em Londres e podia ligar sem custos para os EUA. Passei pra ele todas as lojas e ele fez o agendamento dos horários pra mim, além de pegar outras informações importantes (quanto tempo demorava cada visita, se tinham vestidos pra levar na hora e se tinham vestidos para a mãe e irmã da noiva)….meu noivo num é um fofo, gente?? (É, sim Ana, por isso você vai casar com ele).
Uma coisa muito importante da minha pesquisa era essa informação sobre vestidos pra comprar e trazer para o Brasil comigo. Em muitas lojas você pode escolher o vestido e mandar fazer, mas depois você terá que voltar nos EUA (mais ou menos após 4 meses) pra pegar o vestido. Outra opção é você comprar o que eles chamam de “samples”, que são vestidos do mostruário. Na maioria das vezes você vai precisar de ajustes, mas eles podem ser feitos lá mesmo e em tempo hábil.
Impressionante como as lojas de vestidos de Miami recebem brasileiros, elas estão totalmente disponíveis pra se adequar as necessidades da noivinha, algumas atendentes até arriscam algumas palavras em português, primeiro mundo né?
Lojas agendadas, Miami lá vamos nós (viagem com toda família: pais, irmã e uma amiga) (era pra ter me chamado), a maioria das lojas de noivas fica numa rua chamada Miracle Mile em Coral Gables…dá pra ir de uma a outra a pé. Fiz um cronograma de 3 dias (a viagem era de 10 dias), com 3 lojas a visitar por dia. Marinheira de primeira viagem marquei uma loja às 10h (horário de abertura), outra às 14h (sim, pausa pro almoço porque noiva com fome não dá) (não dá mesmo) e a última às 17h (porque algumas só fechavam às 20h).
A primeira loja era a Coral Gables Bridal (http://www.coralgables-bridals.com/) que vende vestidos Pronovias, cheguei pontualmente, me apresentei e a atendente veio me mostrar os vestidos disponíveis pra comprar e levar na hora. Não gostei do atendimento, já vi outras noivas dizendo que foram super hiper mega bem atendidas, não foi meu caso (por isso cada experiência é importante). Os vestidos prontos para levar eram poucos, não me agradei de nenhum modelo, mas resolvi escolher dois pra experimentar.
photo 2
A atendente te leva pro provador e deixa toda a família do lado de fora esperando. Em nenhum momento elas te deixam sozinhas no provador com o vestido, pra você não ter oportunidade de tirar fotos (Ow). Bom, provei e mostrei pra família. Apesar dos vestidos não serem meu sonho de consumo, confesso que me emocionei ao provar pela primeira vez um vestido de noiva!!!! (Ahhh também fiquei). Os vestidos que escolhi eram na faixa de 2.000 dólares.
Em menos de 1h já tinha terminado com a primeira loja, aí resolvi ir na segunda loja Alegra’s Bridal (http://www.alegriasbrides.com/), que só estava agendada pras 14h, porque se houvesse disponibilidade já anteciparia a visita. Chegando lá a atendente me informou que era possível me atender antes do meu horário, mas que precisaria esperar 20min…ótimo!!! Enquanto isso, caminhei livremente pela loja olhando todos os modelos. Fui muito bem atendida nessa loja por Gigi, uma figura de pessoa, ela perguntou meu estilo e começou a me mostrar alguns pra eu selecionar os que queria experimentar.
Muitos modelos, dos mais variados gostos e preços. Escolhidos os vestidos fomos a um provador giganteeeeeeeeeeee, cheio de espelhos, novamente a família ficou esperando do lado de fora, mas poderiam ter entrado caso quisessem, vi outras noivinhas com família dentro dos provadores. Assim que entrei no provador Gigi me perguntou se o casamento era de dia ou de noite, quando disse que era à noite ela prontamente ligou luzes especiais pra realçar o brilho dos vestidos.
Comecei a interminável prova dos vestidos, veste, sai, mostra, volta, tira, veste outro etc. Uma coisa que minha mãe notou e depois falou é que nessa loja os tamanhos dos vestidos são enormes, eles te vestem e depois vem com uns pegadores (igual de roupa) gigantes e colocam pra ajustar no seu corpo. Segundo minha mãe, a gente não sabe como vai ficar depois dos ajustes, ela é meio desconfiada, mas acho que tinha razão (mãe é tipo necessária na hora da prova do vestido).
Os preços dos vestidos são variados, provei de 1.000,00 até 2.000,00 dólares. Gigi muito solícita me disse que estava acostumada a receber muitas brasileiras e que eu não precisava ter medo da alfândega, pois eles colocavam um preço diferente na nota (risos, muitos risos) (Rindo horrores).
Terminada a segunda loja, fomos almoçar pra depois tentarmos ser atendidos antes do agendamento da terceira loja. Lembra que falei que era marinheira de primeira viagem? Pois é, achei melhor deixar um tempo razoável de uma loja pra outra, porque não sabia o que ia encontrar e nem quanto tempo ia demorar.
Partimos pra terceira loja David’s Bridal ((http://www.davidsbridal.com), que ficava na mesma rua, quase ao lado de onde almoçamos, cheguei lá, me apresentei e disse que tinha um horário às 17h, mas que se possível gostaria de ser atendida antes (eram umas 13h). A moça me pediu pra esperar alguns minutos, nos sentamos e ela me deu uma revista com vestidos para eu escolher os modelos que queria experimentar: Oleg Cassini, Galina, White by Vera Wang… meus olhos brilharam (tô morta de curiosidade).
photo 3
Fui muito bem atendida, fomos levados pra dentro da loja, havia um tablado cheio de espelhos, minha família ficou sentada enquanto fui para um provador, a atendente trouxe sapatos, saia de tule e um corpete pra vestir e começou o desfile. Nunca provei vestidos tão lindos e eram todos no meu tamanho (ou seja, não foi necessário nenhum pegador gigante).
Bom, não sei dizer quantas horas passei na loja, mas lá encontrei O VESTIDO, totalmente diferente do meu vestido dos sonhos, mas quando experimentei tive certeza de que era ele, me senti elegante e chique em um Vera Wang belíssimo (é incrível como a gente sente isso).
Lá mesmo comprei os sapatos e o véu. Ah, precisava de dois pequenos ajustes, um no comprimento (somos baixinhas perto das americanas) e num ombro. Resolvi fazer lá mesmo, pois o vestido é uma verdadeira obra de arte, não daria pra ajustar no Brasil. A loja me cobrou 200 dólares (sim, eles aproveitam pra enfiar a faca nos ajustes e cobram uma taxa extra se você quiser receber em poucos dias, o que era meu caso).
O vestido com os ajustes, saia de tule, corpete, o véu e o sapato saiu tudo por 1500 dólares. Aqui no Brasil isso é o preço de aluguel de vestidos simples (tem até mais caso que isso apenas para primeiro aluguel)
Bom, comprei na segunda-feira, na quarta o vestido já estava pronto. Aí começou a outra missão: trazê-lo pro Brasil. Já tinha lido que as noivas pedem as comissárias da TAM pra guardar no cabideiro da Classe Executiva e assim o fiz. Até o RJ meu vestido veio num cabideiro, do RJ pra Natal trouxe-o no colo com a ajuda da minha irmã e amiga (fofas).
Nem preciso dizer que o vestido chamou atenção por onde passei né? Nunca recebi tantos “congratulations” dos americanos, do policial no controle do passaporte ao operador do raio-x, foi uma experiência inesquecível (Aiiii que lindo).
E agora estou eu, feliz, com meu vestido, esperando o grande dia!!!!
.
.
.
E gente, tomara que caia é lindo, mas nem toda noiva gosta, ok?!
Nem preciso dizer que a Ana está intimada a mostrar o vestido de noiva e o casamento aqui no Noiva de Evasê, não é?!
E se você quiser ler o relato de uma noivinha que comprou o vestido em NYC, é só clicar aqui.

Inspiração vintage | Casamento Janaína e Bruno

21 maio

Oiii noivinhas!!! Tô um pouco ausente, porque estou ultra ocupada, logo tudo normaliza e vocês terão inteiramente minha dedicação (ou parte dela).

Estou com uma seleção de posts giga suuuuuper lindos para mostrar pra vocês e não posso falar muito, porque no caso do post de hoje, são milhões de fotos absolutamente todas muitíssimo inspiradoras.

Na verdade é um post 3 em 1, com fotos do Save the date, ensaio dos noivos e o casamento da Janaína e Bruno, casal mega fofo que vocês conferiram o trailer semana passada aqui.

Resolvi reunir tudo num post só (apesar de enorme), para que vocês compreendam como fica perfeito quando os noivos embarcam sem medo de serem felizes nas suas escolhas.

A Janaína e o Bruno fizeram tudo relativo a preparação do casamento, do save the date ao casório, com inspiração vintage. E o resultado, de fato, não poderia ser mais lindo e inspirador.

E agora eu deixo com vocês o depoimento do NOIVO de como foi fazer esse casamento dos sonhos:

Como quase todos os casamentos, o nosso teve como “carro-chefe” a noiva. Mas eu sempre fui muito ativo e não apenas me limitei a “escolher as bebidas”. Todas as idéias, independentemente de quem tivesse, eram compartilhadas por nós dois.
Nosso casamento foi do jeito que pensávamos, tudo bem romântico e aconchegante. Nunca gostamos daquelas festas tradicionais e cheias de glamour. Queríamos algo mais aconchegante, onde os convidados pudessem interagir com todo o ambiente. Pretendíamos nos casar ao ar livre, na praia ou no campo, mas em contato com a natureza. Aqui em Pernambuco, as melhores praias para se realizar casamentos ficam distantes e dificultam a locomoção dos convidados. Então descartamos a possibilidade e decidimos fazer um casamento no campo. Aqui perto de Recife (vizinha, mais especificamente), fica localizada uma cidade chamada Camaragibe. Aldeia é um bairro distante dessa cidade, cortado por uma estrada com aproximadamente 25km de comprimento, onde ficam localizadas chácaras, fazendas, clubes de campo etc. E lá encontramos uma casa de festa com muito espaço verde, ideal para o que queríamos. Foi tudo bem romântico e com bastante interação dos convidados. Decoração retrô e com direito a Carrinho de Pipoca e Algodão Doce e Banda Cover dos Beatles. Também fizemos um painel de Photobooth bem retrô. Decoração com objetos antigos mesmo. Tanto que os nossos ensaios fotográficos mostraram um pouco do que queríamos. Também ficou bem romântico. Ou seja, nossa cara mesmo.
Curtam e inspirem-se com o Save the Date.

Casamento Janaína e Bruno Casamento Janaína e Bruno1 Casamento Janaína e Bruno2 Casamento Janaína e Bruno3

Ensaio dos noivos lindo, romântico e vintage.

Casamento Janaína e Bruno4 Casamento Janaína e Bruno5

E-session Janaina & Bruno-50 Casamento Janaína e Bruno6 Casamento Janaína e Bruno7 Casamento Janaína e Bruno8 Casamento Janaína e Bruno9

E-session Janaina & Bruno-67

Casamento com a cara dos noivos. Inspirem-se!!!

Casamento Janaína e Bruno11

Making Of da Noiva Janaína (3) Making Of da Noiva Janaína (11) Casamento Janaína e Bruno12 Casamento Janaína e Bruno13 Casamento Janaína e Bruno14 Casamento Janaína e Bruno15

Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (6) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (7) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (8) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (10) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (11) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (12) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (13) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (14) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (15) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (16) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (17) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (18)

Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (2) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (4) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (5) Casamento Janaína e Bruno16

Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (23) Decoração do Casamento de Janaína & Bruno (25) Recepção do Casamento de Janaína & Bruno (8) Recepção do Casamento de Janaína & Bruno (12) Recepção do Casamento de Janaína & Bruno (14) Recepção do Casamento de Janaína & Bruno (17) Recepção do Casamento de Janaína & Bruno (19)

Buffet: Anthúrius Recepções | Buquê: Eduarda Barros | Cabelo e Maquiagem: Renato Menezes | Cerimonial: VA CERIMONIAL & EVENTOS | Cupcakes e Brownies: Patrícia Lima| Decoração: Cleitson Pereira | Doces: Gleyce Pereira e Anna Corinna | Filmagem: Erik Marreiro | Fotos: Hugo Rodrigues | Local da cerimônia e festa: Espaço Meu Caminho | Música da cerimônia (orquestra/músicos): Lauda Produções Musicais | Música da festa (banda/DJ): Fab2 – Zé Gleisson | Orquestra Rios | Noivinhos do bolo: Maria Handmade | Vestido da noiva: Flávio Miranda | Véu: Voillet: Flávio Miranda | Mesa de digestivos e lembranças padrinhos: Biscoitos Doce Ofício |Acessórios de decoração: Duas artes e Acessórios próprios dos noivos | Plaquinhas dos doces e acessórios para photoboot: Maria Borralheira | Caixa padrinhos: Mariana Padilha | Demais acessórios (tags, menus, plaquinhas mdf, porta guardanapos e painel de photoboot): Noivos.

Belíssimo. Inspirem-se muito noivinhas!!!

Todo amor ao casal e obrigada por compartilhar com o Noiva de Evasê.

Casamento moderno rosa e branco

20 maio

Esse casório é pra os noivinhos despojados e que gostam de uma decoração de casamento mais moderna e contemporânea, mas com cores românticas e clássicas, como o rosa e branco.

Detalhe para as fotos super inspiradoras da noiva com as madrinhas e do look da noiva belíssimo, com um buquê irregular que super combina com um casamento durante o dia e ao ar livre!!!

Confere.

1 2 3 4 6 7 8 9 10 11 12 13 14

Sei que muitas noivinhas tem procurado referências de bolo de casamento dourado, mas que seja ao mesmo tempo discreto. Esse é perfeito e super adaptável a um mini wedding e até mesmo noivado!!!

15 16

casamento moderno pink e branco 17 18

Se alguém me perguntar o que não pode faltar na decoração de um casamento, vou responder sem pensar duas vezes: velas, lanternas ou lustres. Dá um diferencial e torna o ambiente imediatamente mais sofisticado, sem qualquer exagero!!!

22 23 24

O que não pode faltar numa pista de dança para deixar os convidados animados: noivos animadíssimos!!!

25

casamento moderno pink e branco1

Inspirem-se noivinhas!!!

Imagens Catherine Mac,

%d blogueiros gostam disto: